Posts Recentes

Sobrevivente, de Chuck Palahniuk

30 outubro 2017


Tender Branson sequestra um avião, mas não, ele não é um terrorista ou assassino ou qualquer coisa do tipo. Ele exigiu que todos os passageiros aterrissassem em segurança no meio do caminho e deu um paraquedas para o piloto após ele lhe explicar como colocar o avião no piloto automático e o que irá acontecer conforme as funções e a gasolina do avião forem acabando. Ou seja, Tender Branson está sozinho em um avião, esperando a morte. Mas enquanto isso, a única coisa que ele deseja é deixar sua história gravada na caixa-preta para que as pessoas entendam que nada do que aconteceu foi proposital, que nunca foi sua intenção. Ele estava apenas seguindo ordens.

Além disso, depois de procurar os destroços de avião, as pessoas irão atrás do registro de voo. E a minha história vai sobreviver.


Chuck Palahniuk é o autor de um dos meus livros favoritos da vida, o aclamado e conhecido “Clube da Luta”. Por sorte, ele não é autor de um livro só e possui várias outras publicações em seu currículo que seguem a mesma linha de histórias não óbvias com personagens e acontecimentos que, com certeza, ofenderão ao menos uma meia dúzia de pessoas. Palahniuk não é para todos. Se você não aguenta um soco em forma de palavras bem no meio do seu rosto, é melhor ficar longe.


Meus pais me deram o primeiro para me ensinar como amar e cuidar de outra criaturinha viva de Deus. Seiscentos e quarenta peixinhos depois, a única coisa que sei é que tudo que você ama vai morrer. Quando você encontrar alguém especial, pode contar que um dia essa pessoa vai estar morta e enterrada.


É claro que com “Sobrevivente” não seria diferente, principalmente porque o foco nesta história é o fanatismo religioso. Aposto que você sentiu a polêmica daí, certo? A história tem seu início e fim contados no mesmo momento, no avião. Isso porque a narrativa começa do final e é aos poucos que o leitor é introduzido no contexto da vida de Tender Branson, que é o narrador. A história é como se fosse a transcrição da gravação que Branson faz durante seus últimos momentos de vida.


O que acontece é que Tender Branson é o último sobrevivente de uma religião chamada “Crendice”. As pessoas dessa religião viviam em um povoado recluso em Nebraska e existia uma espécie de sistema de castas dentro dela. O filho homem mais velho seria o herdeiro de todo o patrimônio da família e responsável por continuar gerando filhos para seguir seus passos. Já os filhos mais novos eram treinados a fazer todo tipo de serviço doméstico e, ao atingir a maioridade, eram enviados para “o mundo lá fora” com um emprego garantido. A partir de então, seu único propósito na vida era servir e enviar dinheiro para a igreja.

Porém um acontecimento faz com que todos os seguidores da crendice que vivem no povoado cometam suicídio coletivo. Isso leva um tempo até virar notícia para todos que estão no mundo de fora. Dez anos já se passaram desde o acontecido até que finalmente, Branson torna-se, de fato, o último sobrevivente da Igreja da Crendice. A partir desse ponto Palahniuk vai abusar na crítica social sobre ídolos fabricados e fanatismo religioso.
É a doutrina da igreja que diz que tenho de me matar. Eles não falam nada sobre ter de ser uma morte instantânea e apressada.
Os personagens secundários também são muito interessantes, em especial Fertility Hollis, que eu amei e odiei na mesma proporção. 



Além disso, é muito interessante ver como a personalidade de Tender Branson é formada, as coisas que ele faz para sentir-se menos submisso, para sentir que ele possui algum tipo de poder ou escolha, mas ao mesmo tempo como fica totalmente perdido quando se vê livre sem ninguém para lhe dar ordens do que fazer a seguir.


A verdade é que sempre tinha alguém para me dizer o que fazer. A igreja. As pessoas para quem trabalho. A assistente social. E eu não suporto a ideia de estar sozinho. Não aguento pensar em ser livre.


Como disse no início, obras escritas por Chuck Palahniuk não são para todos, mas se você se interessou e acha que aguenta, não hesite em lê-lo. Com certeza você vai se pegar refletindo em vários assuntos da nossa sociedade e como você se relaciona com os assuntos abordados pelo autor.


Só não dei uma nota maior para o livro porque me decepcionei um pouco com o final. A conclusão da história é coerente com todo o resto, porém eu criei uma expectativa de algo maior e mais inesperado e fui traída por isso.


O mundo inteiro é um desastre anunciado.


ISBN-10: 8580444551
Ano: 2012
Páginas: 360
Idioma: Português
Editora: LeYa
Gênero: Literatura estrangeira, ficção
Nota: 4/5
Livro disponível na plataforma Kindle Unlimited.
Comentários
40 Comentários

40 comentários :

  1. O filme Clube da Luta é tudo de bom, então imagino o livro, uma pena o preço dele ser tão caro, está sempre na faixa dos 60 temers.
    Fiquei curiosa em relação a trama, as vezes socos são necessários para nos fazer acordar. Gostei também dos trechos destacados.
    Dica anotada.

    Feliz Halloween
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura??? Mas eu já vi ele baratinho na amazon várias vezes! Na faixa dos 18-20 reais. E tanto o Clube da Luta quando Sobrevivente estão disponíveis no kindle unlimited. Se você lê e-books vale super a pena!!

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?

    Nunca li "Clube da luta"e nem vi o filme ainda. Pretendo algum dia ler o livro. Que bom que você gostou dessa obra, eu ainda não conhecia este livor do autor. E, que bom que você avisou sobre a escrita do autor, assim já vou me preparando para quando ler algum livro dele.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja/leia logo, porque é demaaaaaaaaaais!! Todo mundo deveria ao menos ver o filme 1x na vida, na minha opinião haha

      Excluir
  3. eu sou apaixonada pela obra de Palahniuk mas ainda nao li Sobrevivente. ele é um dos próximos titulos dele que eu pretendo adquirir, logo que fizera leitura de No sufoco. A escrita desse homem me empolga demais *--* <3
    na torcida pra me surpreender com mais esse enredo dele...

    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Sufoco ainda não li. No momento eu estou muito interessada por Assombro, espero que ele esteja barato na black friday pois quero muito haha. Amo demais esse homemzão da porra.

      Excluir
  4. Oie amore,

    Sendo sincera ao ver a capa não me chamou nem um pouco a atenção.
    Que bom que gosta do autor e que gosta dos seus livros, acho que não é um gênero que me atraia, passo a dica amore.

    Beijokas!
    Blog Faces de Uma Capa

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li nada do autor, mas claro que já assisti ao filme Clube da Luta. Confesso que na época eu tive muita dificuldade em processar tudo que estava assistindo, mas acho que eu não tinha maturidade para ver, era bem novinha mesmo.
    Hoje eu já tenho mais curiosidade de ler algo dele, mesmo sabendo que provavelmente não será uma leitura fácil. Ainda não conhecia esse livro, mas gostei muito da premissa e do fato de abordar o fanatismo religioso. Com certeza é um assunto polêmico, mas é interessante e cada dia mais atual.
    Adorei a resenha e achei uma pena você ter se decepcionado um pouco com o final. Mesmo assim, ainda parece ser um livro muito bom e vou deixar a dica anotada.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, isso é normal. Clube da Luta tem uma história que a cada vez que você assiste ao filme descobre coisas novas, isso é uma das coisas que acho tão brilhante nele. E o livro é tão ou mais incrível quanto, e o final é diferente... Então, se quiser conhecer as duas versões tem que ler o livro também! haha

      Mesmo o final não sendo bem o que eu esperava, a escrita do Palahniuk é algo que vale a pena ter o máximo de contato possível.

      Excluir
  6. Viada,

    Arrasou nessa review em? Adorei mesmo. Eu só li Clube da Luta, mas esse me parece ser ótimo também. Parabéns por ser essa colaboradora linda, beiju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada patroinha, vamos falar sobre aquele aumento depois, bjsssss kkk

      Excluir
  7. Olá Carol, adorei a premissa desse livro. Adoro livro que abordam assuntos polêmicos e nos fazem refletir mais sobre o assunto. Adoro livros que me propõem assuntos assim. Acho que vivemos em pleno século 21 e temos que ter a mente aberta pra qualquer tipo de assunto.

    Realmente esse livro me chamou a atenção e espero poder ler ele num futuro não muito distante.

    Parabéns pela resenha, ela ficou ótima.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que ótimo isso! Espero que você leia e goste da história. Depois volta aqui pra me contar!! <3

      Excluir
  8. Olá Carolina, tudo bem?
    Ainda não li nada desse autor, mas tenho muita vontade porque sei que ele faz muita crítica social. Não conhecia esse livro do autor, mas achei muito massa ele abordar a questão de religiões, gosto disso.
    Parece ser um livro que faz um boom na mente de seus leitores e amo isso. Também achei muito legal estar no Unlimited.
    Dica anotada.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem isso mesmo, todos os livros do Palahniuk geralmente são assim. Espero que goste!!

      Excluir
  9. Olá, eu nunca li clube da luta, e esse autor não desperta o meu interesse, a sua resenha foi super interessante fiquei curiosa em relação ao livro, mas por enquanto eu passo a dica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Lara. Que pena que não despertou seu interesse.
      Obrigada pela visita.

      Excluir
  10. Não curto muito esse gênero de leitura, mas tenho uma amiga que vai amar.
    Sua resenha é muito completa, dá uma leve curiosidade.
    Vou repassar a dica.
    Beijos
    www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, então indica pra amiga e diz pra ela vir aqui depois contar o que achou! haha
      Obrigada. <3

      Excluir
  11. Li um livor do autor e a minha cabeça explodiu na época, mas acabou que nunca mais tive oportunidade de ler outra coisa e agora a sua resenha me acendeu de novo esse interesse.
    Amei a resenha
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, Ivi. É muito bom.
      Se você já leu um livro dele e gostou com certeza também vai adorar esse!

      Excluir
  12. Uau, que enredo. Gosto de enredos que fazem críticas sociais. A sociedade às vezes precisa se enxergar para poder acordar. Vou anotar o nome desse livro, me interessei.

    ResponderExcluir
  13. Olá Carolina,
    nunca li nada do autor embora tenha lido muitos elogios a "O clube da luta", quanto ao livro resenhado eu não sabia de sua existência mas fiquei bem curiosa pela premissa, realmente história parece bem polêmica mas ando atrás de enredos diferenciados que abordem coisas novas e possuam uma narrativa inteligente ao ponto de desafiar a mente de quem lê e me parece que esse livro tempo disso, sua resenha me fez constatar de que eu preciso conhecer as obras desse autor par ontem.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Delmara. É isso mesmo! Vá atrás das obras do Palahniuk e volte pra me contar se você gostou. O próximo livro que quero ler dele promete ser ainda mais polêmico, tô muito ansiosa haha

      Excluir
  14. Olá :)
    Nunca li nada do Chuck, mas confesso que tenho curiosidade. Eu gosto do fato dele abordar assuntos polêmicos, aponto erros da sociedade, sem medo nenhum de se expôr.
    A premissa desse livro é incrível e falar sobre religião - uma inexistente que, de certa forma, se parece muito com algumas reais -, demonstra coragem e, ainda mais, vontade de mudar as pessoas.
    Sua resenha me deixou curiosa para conhecer o Tender e sua história de traz para frente.
    (Me lembrou do piloto que jogou o avião na montanha, mas esse aí, infelizmente, matou todo mundo).
    Ótima resenha.
    Um beijo,
    www.segredosentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio, Barbara. Espero que você leia as obras do Chuck e goste tanto quanto eu! Ano que vem tem romance novo dele vindo por aí.

      Excluir
  15. Eu nao li nada ainda de Chuck mas morro de vontade, um autor tão aclamado assim não pode ficar de fora da minha lista de leituras, acho bacana que fale sobre fanatismo religioso, é uma crítica importante nos dias de hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, e ele faz essas críticas com muita maestria. Vale muito a pena conhecer sua escrita. <3

      Excluir
  16. Olá, tudo bom?
    Livro do Chuck, polêmico e envolvendo fanatismo religioso? Já quero! Adorei saber que se passa em um avião, enquanto o personagem espera pela morte. Achei a premissa simplesmente genial *-*
    Apesar de você ter esperado mais do final, vou dar uma chance ao livro! Vai ser meu primeiro contato com a escrita do autor, então quem sabe eu não me apaixone pela escrita dele também?! rs
    Amei a resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, espero que você se apaixone mesmo!!!! Vale muito a pena. Depois me conta o que você achou, por favor.

      Excluir
  17. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Gostei bastante da premissa da obra, achei os personagens interessantíssimos e fiquei curiosa sobre a personalidade do protagonista! Adorei seis comentários e, mesmo você não ter curtido o final, fiquei com vontade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane. Que bom que gostou da resenha. Espero que você leia o livro e goste muito dele também.

      Excluir
  18. Oi!
    Eu realmente não fazia ideia do que se tratava esse livro, mas é claro que fiquei imensamente curiosa pra ler porque como ateia adoro discutir sobre fanatismo religioso e outros temas do tipo.
    Chuck é um dos autores que mais tenho vontade de tanto ver a ana do pausa para um café falar dele, e com certeza vou começar por esse livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que ótimo! Eu também acompanho a Anna e gosto muito do trabalho dela. Fico feliz que você tenha se interessado. Espero que você volte aqui pra me contar o que achou do livro e espero que gostes! <3

      Excluir
  19. Olá,

    Nunca li nada do autor, mas sei que ele é super elogiado, até tenho interesse em ler Clube da Luta, mas mais para frente. Achei a premissa desse livro muito marcante e fiquei intrigada para saber o que leva uma pessoa a sequestrar um avião, além dos motivos óbvios né. Enfim, espero ler esse livro um dia e descobrir o mistério.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu tenho muita curiosidade, mas ao mesmo tempo receio de ler as obras do autor justamente por causa dessa escrita que não é para todos, tenho quase certeza que não é para mim hahahaha Mas eu adorei a sua resenha e me deixou com muita vontade de ler a obra, espero que em breve eu crie coragem.
    Beijos.

    ResponderExcluir